RSS
Write some words about you and your blog here

Variação Diatópica

Continuando a falar sobre a variação Diatópica (variação geográfica) venho mostrar e falar um pouca mais sobre esse tipo de variação. Morei a aproximadamente 1 ano em maceió alagoas e lá percebi um grande numero de palavras de significados totalmente diferente do nosso falar carioca primeiro entenderemos um pouco mais sobre :

Variação Diatópica - É o que neste trabalho iremos abordar.
Mas o que seria a variação diatópica? Na verdade trata-se de uma diversidade lingüística regional ou geográfica, apresentadas por pessoas de diferentes regiões que falam a mesma língua. As variações diatópica são responsáveis pelos regionalismos ou falares locais. Esses falares representam os costumes e a cultura de cada região.
A título de exemplificação, podemos citar as diferenças do português falado no Brasil para o português falado em Portugal.
Telemóvel – Portugal

Celular – Brasil

Estas são as designações utilizadas pelos falantes dos dois países para representar um aparelho de comunicação cuja designação técnica é Telefone Celular.
No Brasil, falantes do Sudeste do país usam variantes distintas dos falantes da região Sul.
Bergamota ou Vergamota – Florianópolis e região sul em geral
Mexerica – Minas Gerais
Os dois termos designam a mesma coisa, uma fruta cítrica de cor alaranjada e sabor adocicado, conhecida como tangerina.
Estas diferenças normalmente são encontradas no campo lexical e fonético e toda esta variação (no Brasil) é decorrente das influências que cada região sofreu durante o processo de colonização do país, adicionados as importações lexicais de outras línguas.
Aqui segue alguns exemplo dos variantes:

FEXOSO/FECHOSO(AL): Pessoa que é bonita, linda seja nas vestimentas ou na beleza.
TABACUDO(PE): Pessoa que não tem entendimento
BARROADA(PI): Atropelamento.
MARMITEX(SP): Quentinha
MINA(RJ): Namorada
MACAXEIRA(PI): Aipim

Embora todos sejamos falantes da mesma língua, cada região do nosso país possui característica próprias que resultam em sua cultura e apresentam diversidades: variantes lexicais nos falares brasileiros. Sendo assim, uma palavra pode ser usada de diversos modos, assim como possui conotação diferentes, dependendo da região em que ela está sendo utilizada.

10 comentários:

Anônimo disse...

Tinha q ter Mais

Anônimo disse...

tu eh doido ou cheira peido

Anônimo disse...

eu acho que ele cheira peido :)

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo 1 que provavelmente cheira a peido. Tinha e DEVERIA ter mais...
Prazer, doido. :)

Anônimo disse...

kkkkkkkk quase nao min ajudou que putaria

Anônimo disse...

gostei

Quildem Braga disse...

Obrigado pela informação,foi muito massa.

Quildem Braga disse...

Obrigado pela informação,foi muito massa.

Viny Oz disse...

"Dahora"

Unknown disse...

Por obséquio, poderias me mandar fotos onde se encontra despida de roupas!

Número: (041) 9985-1379

Anônimo disse...

Tinha q ter Mais

Anônimo disse...

tu eh doido ou cheira peido

Anônimo disse...

eu acho que ele cheira peido :)

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo 1 que provavelmente cheira a peido. Tinha e DEVERIA ter mais...
Prazer, doido. :)

Anônimo disse...

kkkkkkkk quase nao min ajudou que putaria

Anônimo disse...

gostei

Quildem Braga disse...

Obrigado pela informação,foi muito massa.

Quildem Braga disse...

Obrigado pela informação,foi muito massa.

Viny Oz disse...

"Dahora"

Unknown disse...

Por obséquio, poderias me mandar fotos onde se encontra despida de roupas!

Número: (041) 9985-1379

Postar um comentário