RSS
Write some words about you and your blog here

Variação Diatópica

Continuando a falar sobre a variação Diatópica (variação geográfica) venho mostrar e falar um pouca mais sobre esse tipo de variação. Morei a aproximadamente 1 ano em maceió alagoas e lá percebi um grande numero de palavras de significados totalmente diferente do nosso falar carioca primeiro entenderemos um pouco mais sobre :

Variação Diatópica - É o que neste trabalho iremos abordar.
Mas o que seria a variação diatópica? Na verdade trata-se de uma diversidade lingüística regional ou geográfica, apresentadas por pessoas de diferentes regiões que falam a mesma língua. As variações diatópica são responsáveis pelos regionalismos ou falares locais. Esses falares representam os costumes e a cultura de cada região.
A título de exemplificação, podemos citar as diferenças do português falado no Brasil para o português falado em Portugal.
Telemóvel – Portugal

Celular – Brasil

Estas são as designações utilizadas pelos falantes dos dois países para representar um aparelho de comunicação cuja designação técnica é Telefone Celular.
No Brasil, falantes do Sudeste do país usam variantes distintas dos falantes da região Sul.
Bergamota ou Vergamota – Florianópolis e região sul em geral
Mexerica – Minas Gerais
Os dois termos designam a mesma coisa, uma fruta cítrica de cor alaranjada e sabor adocicado, conhecida como tangerina.
Estas diferenças normalmente são encontradas no campo lexical e fonético e toda esta variação (no Brasil) é decorrente das influências que cada região sofreu durante o processo de colonização do país, adicionados as importações lexicais de outras línguas.
Aqui segue alguns exemplo dos variantes:

FEXOSO/FECHOSO(AL): Pessoa que é bonita, linda seja nas vestimentas ou na beleza.
TABACUDO(PE): Pessoa que não tem entendimento
BARROADA(PI): Atropelamento.
MARMITEX(SP): Quentinha
MINA(RJ): Namorada
MACAXEIRA(PI): Aipim

Embora todos sejamos falantes da mesma língua, cada região do nosso país possui característica próprias que resultam em sua cultura e apresentam diversidades: variantes lexicais nos falares brasileiros. Sendo assim, uma palavra pode ser usada de diversos modos, assim como possui conotação diferentes, dependendo da região em que ela está sendo utilizada.

6 comentários:

Anônimo disse...

Tinha q ter Mais

Anônimo disse...

tu eh doido ou cheira peido

Anônimo disse...

eu acho que ele cheira peido :)

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo 1 que provavelmente cheira a peido. Tinha e DEVERIA ter mais...
Prazer, doido. :)

Anônimo disse...

kkkkkkkk quase nao min ajudou que putaria

Anônimo disse...

gostei

Anônimo disse...

Tinha q ter Mais

Anônimo disse...

tu eh doido ou cheira peido

Anônimo disse...

eu acho que ele cheira peido :)

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo 1 que provavelmente cheira a peido. Tinha e DEVERIA ter mais...
Prazer, doido. :)

Anônimo disse...

kkkkkkkk quase nao min ajudou que putaria

Anônimo disse...

gostei

Postar um comentário